Listagem de semigrupos de valores r-ramificados

Speaker: Lia Feital, Universidade Federal de Viçosa.

Date: 12 nov 2019, 14h.

Place: Room 407, Bloco H, Campus Gragoatá, UFF.

Abstract: Processos para listagem de semigrupos numéricos já foram estudados por alguns autores, entre eles a Bras-Amorós com a árvore de semigrupos. Agora, a tarefa de fornecer uma listagem completa de todos os semigrupos multirramificados torna-se bem mais complexa. Este é o problema que estou trabalhando no momento (ainda no princípio) junto com o Professor Marcelo Escudeiro (UEM), onde estamos buscando implementar um processo automatizado que calcule todos os semigrupos possíveis de um certo gênero g.

 

The Strong Maximal Rank Conjecture and higher-rank Brill-Noether theory

Speaker: Ethan Cotterill, UFF.

Date: 05 nov 2019, 14h.

Place: Room 407, Bloco H, Campus Gragoatá, UFF.

Abstract: We compute the cohomology class of certain “special maximal-rank loci” originally defined by Aprodu and Farkas. By showing the non-triviality of such classes, we are able to verify the non-emptiness portion of the Strong Maximal Rank conjecture for a wide range of cases. As an application, we obtain new results for the existence portion of a well-known conjecture due to Bertram, Feinberg and independently Mukai in higher-rank Brill- Noether theory.

 

On the number of cyclic subgroups of a finite group

Speaker: Martino Garonzi, UNB.

Date: 27 sep 2019, 11h.

Place: Room 409, Bloco H, Campus Gragoatá, UFF.

Abstract: Let G be a finite group and let c(G) be the number of cyclic subgroups of G. Let a(G)=c(G)/|G|. In this talk I will present recent results obtained with Igor Lima about the function a(G) concentrating on solvable and supersolvable groups. I will also present some properties of the set of numbers of the form a(G).

 

Bilhares Elípticos: Caixinha de Surpresas

Speaker: Dan Reznik, Upper West Soluções.

Date: 17 sep 2019, 14h.

Place: Room 407, Bloco H, Campus Gragoatá, UFF.

Abstract: Será que o velho Bilhar Elíptico, Sistema Integrável já tão estudado, guarda ainda algum segredo? De fato, após um período de exploração informal da cinemática de trajetórias fechadas (órbitas), nos deparamos com propriedades novas e surpreendentes! Começamos estudando órbitas N=3 e os lugares geométricos de seus pontos notáveis, tais como o Incentro, Baricentro, etc.. Já aqui descobre-se um cardápio de belíssimas curvas: elípticas, não-elípticas, quasi elípticas, com cúspides, etc. Achados especiais foram um locus que é um ponto e outro que é um círculo perfeito! Pouco depois, enquanto buscávamos invariantes, notamos que a razão Inraio/Circumraio é constante para a família N=3, fato desconhecido, e que amarra ângulos e áreas destas órbitas. Mais tarde descobrimos que esta razão é manifestação de duas invariantes conhecidas: o perímetro das órbitas e a Integral de Joachimshtal. Neste momento surge um objeto fascinante: a família N=4, paralelogramos inscritos e de perímetro máximo, parentes do Círculo Ortóptico de Monge. Examinando de perto suas propriedades,  tivemos um "estalo" que nos permitiu generalizar invariantes em N=3 para todo N, algo que nunca achávamos possível. Especialistas em bilhares que contactamos contribuiram gentilmente provas sofisticadas (funções complexas sobre cônicas) sobre estes novos fatos. Na palestra adotarei um tom informal (o único possível para um não matemático) focarei na visualização interativa de experimentos por meio de applets e vídeos que produzimos. Espero que gostem e até lá!

 

Espaços de Arcos, Álgebras de Lie, e Rogers-Ramanujan

Speaker: Jethro ven Ekeren, UFF.

Date: 19 jun 2019, 14h.

Place: Room 409, Bloco H, Campus Gragoatá, UFF.

Abstract: Um grupo infinito, finitamente gerado e no qual todos seus elementos têm ordem finita, é chamado grupo de Burnside.

O espaço de arcos de uma variedade ou esquema, conceito que originava nos trabalhos de John Nash sobre singularidades, se obtém por juntar ao anel de funções uma derivação, da maneira mais livre possível. Mesmo na caso de um esquema de dimensão zero, o espaço de arcos possui uma estrutura rica. Por exemplo séries de Hilbert desses espaços foram calculados pela primeira vez só em 2011. Estes temas apareceram inesperadamente em trabalho (com R. Heluani do IMPA) sobre degeneração clássica de certas álgebras quânticas de dimensão infinita. Nesse seminário, queria explicar a conexão entre espaços de arcos, a álgebra de Virasoro, e identidades clássicas da teoria de números como a identidade Rogers-Ramanujan. Se der tempo, também queria falar do contexto em que essas questões surgiram para nós: o 'geometric Langlands program', e mais especificamente a computação de homologia quiral de famílias de curvas elípticas com uma fibra singular.

 

Componentes tipo pullback do espaço de folhações de codimensão um em \mathbb{P}^n

Speaker: Viviana Ferrer, IME-UFF.

Date: 29 may 2019, 14h.

Place: Room 407, Bloco H, Campus Gragoatá, UFF.

Abstract: O espaço de folheações holomorfas de codimensão um em \mathbb{P}^n tem uma componente irredutível cujo elemento genérico pode ser escrito como o pullback F^*\mathcal{F}, onde \mathcal{F} é uma folheação genérica de \mathbb{P}^2 e F :\mathbb{P}^n\dasharrow \mathbb{P}^2 é um mapa racional. (Cerveau, Lins-Neto, Edixhoven, 2001).

Nesta palestra mostraremos como são encontradas fórmulas para o grau desta componente no caso de pullback linear.
Mostraremos também quais são as dificuldades para parametrizar (e consequentemente calcular o grau) componentes dadas por pullback de folheações por mapas não lineares.

 

Lyapunov exponents of the Brownian motion on a Kähler manifold

Speaker: Bertrand Deroin, CNRS-AGM, Cergy.

Date: 17 apr 2019, 14h.

Place: Room 407, Bloco H, Campus Gragoatá, UFF.

Abstract: If E is a flat bundle of rank r over a Kähler manifold X, we define the Lyapunov spectrum of E: a set of r numbers controlling the growth of flat sections of E, along Brownian trajectories. We show how to compute these numbers, by using harmonic measures on the foliated space P(E). Then, in the case where X is compact, we prove a general inequality relating the Lyapunov exponents and the degrees of holomorphic subbundles of E and we discuss the equality case.

This is based on joint work with J. Daniel.

 

Algebraic solutions of Irregular Garnier systems

Speaker: Frank Loray, CNRS-IRMAR, Rennes.

Date: 27 mar 2019, 14h.

Place: Room 407, Bloco H, Campus Gragoatá, UFF.

Abstract: We prove that algebraic solutions of Garnier systems in the irregular case are of two types, generalizing a result of Ohyama and Okumura for Painlevé equations (rank N=1). The so called "classical solutions" come from isomonodromic deformations of linear equations with diagonal or dihedral differential Galois group; we give a complete list in the rank N = 2 case (two indeterminates). The "pull-back solutions" come from deformations of coverings over a fixed degenerate hypergeometric equation; we provide a complete list when the differential Galois group is SL2(C).

By the way, we have a complete list of algebraic solutions for the rank N = 2 irregular Garnier systems. The rank N=1 case correspond to Painlevé equations I to V and is classical; it has been revisited from this point of view by Ohyama and Okumura.

This is joint work with Karamoko Diarra (Bamako University, Mali).